A equipe do Wonderclub virou a noite atrás dessa moça, conhecida como a Dama da Noite, é uma jovem de 24 aninhos, ariana (perigo!) e faz aniversário dia 21 de março. Mora em Salvador, é uma baiana de fibra e está solteira. Tem gatinho, jabutis e cachorro como bichos de estimação.

 

Começou a escrever como terapia e tornou-se uma relação duradoura de amor. Ela disse que já tinha alguns textos em cadernos e posteriormente começou a passar para o computador. E no dia do seu aniversário publicou seu primeiro poema no extinto Livre Arbítrio. Apesar de ser novinha, escreve há dez anos.

 

Seu livro favorito é “O pequeno príncipe” de Antonie De Saint-Exupéry, pois foi o primeiro livro que leu. De tudo o que já escreveu até hoje, ela define “A encantadora de letras” como sua publicação favorita. Seus livros são “Cassandra” e “Nossa forma de amar”, além de contos, romances e poemas.

 

Para nossa Dama da Noite, conflito religioso é um tema muito delicado e polêmico para escrever.

 

As inspirações aparecem sem ela saber de onde, como ela mesma diz, vem do além. Uma pequena conversa ou uma música podem engatilhar uma boa história. Na criação dos personagens ela pensa na importância que ele ou ela terá dentro da trama e a partir disso, cria as características e um traço que lhe seja marcante, um trejeito ou uma data.

 

Seu estilo de escrita é livre, escreve contos e romances para encantar qualquer leitora que busca delicadeza e suavidade nas palavras.

 

Nos confessou que está lendo vários livros ao mesmo tempo, mas citou dois em especial, “Reféns do desejo” da querida Táttah Nascimento e “Esmeralda” de Zíbia Gasparetto. Sua confissão diz que adora Dan Brown pela forma que aborda alguns temas.

 

Uma mulher que a Dama da Noite admira é nada menos que Michele Obama. Perguntamos o porquê desta escolha e ela nos disse: ”Pela simplicidade e elegância nos pequenos gestos mesmo quando era esposa de um dos homens mais importantes e visados do mundo enquanto presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama.”

 

Once Upon a Time é o seriado que ela assiste e nós da redação apostamos que ela shipa a Emma com a Regina, rs.

 

Quer saber qual música descreve a Dama da Noite? Ouça “Mon amour, meu bem, ma femme” de Reginaldo Rossi, ela se enquadra muito bem na letra da música. Um filme que ela ama? Ela nos deu dois grandes clássicos: “O Guarda Costas”, por causa da linda Whitney Houston e a trilha sonora maravilhosa, e “Boys don’t cry”, por ser ter um belo enredo e, apesar do fim trágico, ser uma bela história.

 

Entre doce e salgado, a Dama da Noite fica com o agridoce. O prato que representa essa baiana arretada é o feijão com leite de coco (será que é bom?). Seu vício é o chocolate e seu hobby é ouvir música.

 

E aí gostou da nossa Dama da Noite? Ela está pronta para escrever os mais belos contos para satisfazer sua imaginação. O Wonderclub recebe a Dama da Noite e todos seus mistérios, de braços abertos e sugere a você, assinante, a assinatura dela. Sabe por quê? Porque Dama da Noite é maravilhosa e vai deixar sua vida cheia de encantos e belas histórias. Não se assuste com a pouca idade, ela vai te surpreender e te prender com o ritmo calmo e sublime de suas escritas.

 

Sobre a autora
Comente

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

apagarEnviar